Montando no cavalo da liberação.

   Cada vez que decidir reconhecer um pensamento, dar-se conta dele e voltar a consciência à respiração, você estará aprendendo a colocação. Um ato tão pequeno, tão inofensivo, é uma das coisas mais corajosas que você pode fazer. Quando reconhecer e liberar aquele pensamento, você poderá se orgulhar de si mesmo. Você terá vencido a preguiça. Você se lembrou das instruções. Poderá se sentir feliz ao retornar à respiração. Não se preocupe com o fato de que terá de fazer isso novamente - você fará milhares de vezes. É por isso que chamamos de prática.
   Cada vez que nos lembramos de colocar a mente sobre a respiração, estamos avançando. Simplesmente por deixar que um pensamento se vá, nos afastamos de conceitos, das emoções negativas e do aturdimento. Deixamos a necessidade de ser interminavelmente entretidos e consumidos. Devemos fazer isso repetidas vezes, muitas vezes. A mudança ocorre, a cada respiração, a cada pensamento, você dá um passo que o afasta da dependência do pensamento discursivo e do medo, progredindo no caminho da iluminação, começando o desenvolvimento da compaixão por si mesmo.

Skyong Mipham em "Fazer da mente uma aliada".  

Comentários

  1. Belissimo Blog. Obrigada pela sensacao de Paz.

    ResponderExcluir

Postar um comentário